Páginas

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

CAPÍTULO XXXII


Fim de semana com visitas.

Todos os anos a igreja que minha mãe frequenta faz um festa de primavera para arrecadar fundos para missões. Esse ano não foi diferente e, como sempre, com comida farta. Esse ano recebemos um amigo da igreja lá em casa, que usufruiu de meu quarto para dormir.
Rodrigo foi muito simpático com a Sofia, mas sempre com um pé atrás… como todos os outros. Eu dormi com a minha mãe e lá Sofia se instalou ao lado da cama na noite de sábado.
Na manhã seguinte, durante o café da manhã, Sofia estava pronta para receber seu petisco, como a vovó a acostumou. Só que dessa vez, do nada, minha mãe surge e tira a concentração da Sofia com um tapa no focinho nela.
Para de pedir comida.
Sofia ficou tão surpresa e disnorteada, que ficou procurando de onde o safanão saiu. Comecei a rir e sentir pena da Sofia, que foi deitar no corredor com o coração partido.
Oh, mãe! Tadinha! Cortou o coraçãozinho dela. Mamãe, dá biscoito... mamãe dá biscoito.
         Até Rodrigo ficou sensibilizado com a situação, que durante sua estadia em meu quarto recebeu Sofia no meio da noite. Minha mãe me contou apenas no meado da semana.
        
Além dessa festa com visitas, a ruiva se empolgou com barulho que saem de todas as partes de seu corpo. Na sexta-feira à noite, ela estava deitada na minha cama e eu senti aquele odor que nada se assemelha a rosas. Logo comentei com um amigo no MSN:
         Sofia acabou de peidar.
         No sábado, também à noite, ela chegou perto de mim, enquanto eu estava mais uma vez no laptop e arrotou. Lógico que eu comentei novamente.
         Sofia acabou de arrotar… e alto.
         Esses comentários no meio de diálogos sempre tiram risadas de meus amigos virtuais. Eles definitivamente também fazem parte da vida da minha pit bull; tanto que até comentam o que eu posto no Facebook. Depois que eu deixei o quarto todo para o Rodrigo, ainda fiquei um tempinho na sala e, claro, Sofia me fez companhia com um belo ronco como melodia para quebrar o silêncio.
         Sofia tá que tá nesse fim de semana. Primeiro gases, depois arrotos e agora roncando.
         Cíntia respondeu:
         O que a Sofia comeu hoje?
         Eu repliquei:
         Cara, não sei, mas a coisa aqui está complicado!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...